quinta-feira, 22 de abril de 2010

Video intalação causa protesto entre historiadores


Recentemente uma matéria do site  Advocate me chamou a atenção por dois motivos, uma pela criatividade e ousadia dos artistas responsáveis e outra pela “suposta” falta do que fazer que algumas pessoas tem em suas vidas.

Em Berlim existe um memorial criado por dois designers dinamarqueses (Michael Elmgreen e Ingar Dragset ) em homenagem aos gays vítimas do holocausto, inaugurado em 27 de maio de 2008.

Um grande bloco de concreto onde, através de uma janela é possível observar um vídeo de dois homens em um eterno beijo. A idéia original era de mudar a cada dois anos o sexo do casal no vídeo.

Ao planejarem colocar um vídeo de um casal lésbico,historiadores resolveram protestar através de uma carta ao ministro da Cultura alemão Michael Neumann e o prefeito de Berlim Klaus Wowereit, alegando que o vídeo beijo lésbico proposta distorcer a história. Os manifestantes alegam que as lésbicas não foram alvo de perseguição no Holocausto.

Até entendo o protesto, mas será que não existem coisas mais importantes para se preocupar e manifestar?

2 comentários:

marcelo dalla disse...

heheheheheh o ser humano é um bicho doido mesmo, não? E chego a essa conclusão: impossível agradar todo mundo.

bjo tts

Paulo Braccini disse...

Vai entender a cabecinha dos homens!!!

bjux

;-)

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails